RSS

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Lição 02: Conhecendo Deus

Discipulado I -  Lição 01: Conhecendo Deus

- Professoras e professores, iniciem a aula, cumprimentando os alunos, perguntem como passaram a semana. Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
Se houver alunos ausentes, é interessante que vocês mantenham contato com eles, através de telefone ou email. Para isto é importante uma relação nominal com endereços, telefones, email e também data do aniversário.
- Lembrem aos alunos que na aula anterior, vocês orientaram uma atividade para eles efetuarem durante a semana.
Obs: Esta atividade fazia parte da dinâmica sugerida na aula anterior “Abrindo o Tesouro”.
Então, recolham a cópia dos 04 versículos e solicitem que os alunos falem os 02 versículos memorizados.
- Falem do tema da aula: Conhecendo Deus.
- Iniciem o estudo deste tema, utilizando a dinâmica “Desvendado o Mistério”.
- Trabalhem os itens da lição.
- Finalizem a aula, lendo o texto “Encontrando a Deus”.

Tenham uma excelente e produtiva aula.

Dinâmica: Desvendado o Mistério    

Objetivo: Promover conhecimento sobre Deus.
                 Fortalecer relações interpessoais.

Material: ¼ da folha de papel ofício para cada aluno e caneta.

Procedimento:
- Distribuam um pedaço da folha de papel ofício para cada aluno.
- Solicitem aos alunos para que escrevam duas características de uma pessoa da classe.
- Indaguem se alguém encontrou dificuldade e por que. Por outro lado, também perguntem para os que tiveram facilidade para responder com rapidez. Espera-se que nesse questionamento haja consenso de que podemos indicar características de alguém quando conhecemos e convivemos com esta pessoa.
- Então falem que eles, os novos convertidos, também precisam conhecer Deus. Para isto, é necessário estudar as Suas características.
- Comecem o estudo sobre o conteúdo da lição, apresentado as características divinas.
- Em seguida,  solicitem que os alunos apontem características de Deus.

Texto de Reflexão: Encontrando a Deus

                Os turistas raramente tiram fotografias excepcionais. Eles poucas vezes procuram encontrar o lugar certo para conseguir o ângulo perfeito de luz nas condições adequadas do tempo. Para conseguir fotografias bonitas ao ar livre, fotógrafos profissionais têm o cuidado de observar a cena de ângulos diferentes, em estações diferentes e em horas diferentes do dia.
                Isto me faz perguntar se a razão pela qual muitas pessoas não conseguem ter a imagem clara da beleza e da glória de Deus é porque fazem julgamentos rápidos, sem grande concentração. Chegam a conclusões erradas sobre Deus, baseando-se apenas em más experiências com igrejas ou no encontro com alguém que se diz cristão, mas que não vive como tal. Eles fazem um mau julgamento de como o Senhor é, e se afastam sentido-se desiludidos.
                A busca de Deus envolve mais do que uma observação casual. O rei Davi falou ao seu filho Salomão: “Se você o buscar, o encontrrá...”(I Cr 28.09). O salmista disse: “como são felizes os que....de todo o coração o buscam!”(Sl 119.2). E o autor aos Hebreus escreveu que Deus “recompensa aqueles que o buscam”(11.06).
                Para ver e conhecer a Deus em toda a Sua plenitude e glória, não podemos nos aproximar dEle como turistas. Precisamos buscá-lo em todos os momentos, com todo o nosso coração. Julie Ackerman Link
Fonte: Nosso Pão Diário – 13.04.2004

0 comentários: