RSS

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Professoras e professores,

         Estamos iniciando o ano de 2015!

        Este ano o blog Atitude de Aprendiz está fazendo 5 anos. Muito obrigada por sua visita e comentário.

        Um ano que se inicia sempre traz expectativas...

       A CPAD(Casa Publicadora das Assembleias de Deus) lançou um novo currículo para a Escola Bíblica Dominical, que passaremos a conhecer a partir do 1º. Trimestre de 2015. As revistas apresentam formato diferente, mudanças na apresentação do conteúdo que podem favorecer o processo de ensino e aprendizagem.

     Este blog apresentará sugestões para 06(seis) revistas da EBD, deste novo currículo:
Adultos
Jovens
Pré-adolescentes
Adolescentes
Juvenis
Discipulando

Espero que as sugestões aqui divulgadas proporcionem aulas produtivas, elevando o aprendizado da Palavra de Deus.


Sulamita Macedo.
Adultos: Os Dez Mandamentos – Valores divinos para uma sociedade em constante mudança
Lição 01: Deus Dá a sua Lei ao Povo de Israel

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, façam uma panorâmica do trimestre. Para tanto, apontem os seguintes pontos:
- Tema: Os Dez Mandamentos – Valores divinos para uma sociedade em constante mudança
- Capa:
Figura de 02 tábuas de pedra contendo os Dez Mandamentos
O que isto tem a ver com o tema?
Refere-se ao recebimento das tábuas da lei por Moisés no monte Sinai.
- Comentarista: Pastor Esequias Soares
Apresentem informações sobre ele, vejam na sessão “Interagindo com o Professor” da lição 01.
Se possível, mostrem uma foto dele.
- Lições do trimestre - apresentem da seguinte forma:
Peçam que os alunos leiam os 10 mandamentos contidos na capa da revista.
Depois, falem que cada mandamento será estudado em 01 lição, fazendo assim a soma de 10 lições. Em seguida, para completar o conjunto de 13, leiam o título da lição 01, 02 e 13.
7 - Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
- Apresentem um mapa da saída do povo judeu do Egito até o monte Sinai.
- Façam um breve resumo sobre a permanência do povo de Israel no Sinai e o recebimento das tábuas da Pedra contendo os 10 Mandamentos.
- Depois, falem sobre os pontos apresentados na lição.
- Para finalizar, utilizem a dinâmica “Dez Mandamentos”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Dez mandamentos
Objetivo: Refletir sobre a prática dos 10 mandamentos.
Material:
01 caneta para cada aluno
01 pincel atômico
Procedimento:
- Falem que os dez mandamentos foram escritos pelo dedo de Deus numa tábua de pedra e entregue para Moisés para que divulgasse para o povo.
- Agora, peçam para que eles escrevam pelo menos 05 destes mandamentos nos dedos de sua mão direita ou esquerda ou se preferir peçam para que desenhem uma de suas mãos e escrevam em cada dedo um dos 10 mandamentos.
Falem que eles não podem olhar para a figura da capa da lição nem consultar a Bíblia.
- Depois, eles devem compartilhar com os colegas os mandamentos que cada um escreveu nos dedos da mão.
 À medida que eles vão falando, vocês devem colocar um tracinho ao lado do mandamento citado.
Analisem com os alunos quantas vezes cada mandamento foi citado e depois enfatizem a importância de cada um deles para o povo de Israel e para nós como valores do reino de Deus.
- Para finalizar, perguntem: O que pode representar a escrita dos mandamentos nos dedos da mão?
Aguardem as respostas.
- Enfatizem que “mãos” nos remete a atividade, neste caso a ação que devemos ter diante da prática dos mandamentos.

Por Sulamita Macedo.
Jovens – Eu Creio - Revelando ao mundo suas Convicções Cristãs
Lição 01: Eu Creio em Deus Pai

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 - Agora, apresentem a revista elaborada especificamente para o público jovem e enfatizem a importância de um conteúdo para o fortalecimento da fé do jovem cristão.
7 - Agora, façam uma panorâmica do trimestre. Para tanto, apontem os seguintes pontos:
- Tema: Eu Creio – Revelando ao Mundo suas Convicções Cristãs
- Capa:
02 mãos segurando 07 pedras com os nomes: Criacionismo, Castidade, Deus, Casamento, Céu, Jejum, Ser Diferente.
O que isto tem a ver com o tema?
As pedras podem representar as dificuldades que os jovens enfrentam ao serem confrontados nesta sociedade ateísta e relativista.
- Comentarista: Pastor Alexandre Claudino Coelho
Apresentem informações sobre ele, vejam na sessão “Interação” da lição 01.
Se possível, mostrem uma foto dele.
- Lições do trimestre - apresentem da seguinte forma:
Observando os títulos das lições, vocês falam “Eu Creio...” e os alunos completam.
8 - Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
- Apresentem o título da lição 01: Eu creio em Deus Pai.
- Para introduzir o estudo do tema, utilizem a dinâmica “Conhecendo Deus”.
- Coloquem no quadro ou cartolina os seguintes nomes:
Transcendente
Imanente
Onisciente
Onipresente
Onipotente
- Depois, peçam para os alunos falarem o que sabem sobre estas características de Deus.
Observem atentamente as respostas dos alunos.
Depois, acrescentem outras informações.
- Em seguida, trabalhem outros pontos levantados na lição, inclusive os importantes questionamentos do item III da lição.
- Para concluir, perguntem: O que vocês aprenderam sobre Deus Pai?
Aguardem as respostas.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Conhecendo Deus
Objetivos:
Promover conhecimento sobre Deus.
Fortalecer relações interpessoais.
Material:
¼ da folha de papel ofício para cada aluno e caneta.
Procedimento:
- Distribuam um pedaço da folha de papel ofício para cada aluno.

- Solicitem aos alunos para que escrevam duas características de uma pessoa da classe.
- Indaguem se alguém encontrou dificuldade e por que. Por outro lado, também perguntem para os que tiveram facilidade para responder com rapidez. Espera-se que nesse questionamento haja consenso de que podemos indicar características de alguém quando conhecemos e convivemos com esta pessoa.
- Então falem que eles também precisam conhecer Deus. Para isto, é necessário estudar as Suas características.
- Comecem o estudo sobre o conteúdo da lição, apresentado as características divinas.

Por Sulamita Macedo.
Pré-adolescentes – Currículo do Ano 1: Quem é Deus
Lição 01: O Criador

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
- Apresentem a revista, falem do seu novo formato e as mudanças encontradas nela.
- Depois, apresentem o tema do trimestre: Quem é Deus.
- Perguntem: Para você, quem é Deus?
Aguardem as respostas. Ouçam atentamente o que os alunos falam. Não descartem nenhuma resposta, pois o que o aluno expressa representa o que ele conhece sobre Deus e que nestas lições podem ser acrescidas de outras informações.
- Falem: Nas lições deste trimestre, vamos estudar sobre Deus, como:
O criador
O Libertador
O Único
O Justo Juiz
O Amor
O Salvador
Quem responde as orações
O Disciplinador
O que perdoa
Onipotente, Onipresente, onisciente
O que é Santo
O Consolador
O Amigo Fiel
- Falem: Estes assuntos serão os temas das nossas aulas neste trimestre. Na aula de hoje, vamos aprender sobre Deus como Criador.
- Solicitem para que os alunos abram a Bíblia no livro do Gênesis e peçam para que eles observem a narrativa da criação ocorrida em 6 dias.
Para cada dia, escrevam o que foi criado. Enfatizem que Deus é o criador.
- Falem sobre o Jardim do Éden.
- Para concluir, utilizem a dinâmica “Fui Criado por Deus”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Fui criado por Deus
Objetivo: Refletir sobre a perfeição da criatura humana, obra da criação de Deus.
Material:
½ folha de papel ofício
01 lápis grafite
Procedimento:
- Escolham um aluno e peçam para que ele permaneça diante da turma.
- Distribuam ½ folha de papel ofício para cada aluno e 01 lápis grafite.
- Peçam para que eles desenhem o colega, observando os detalhes, procurando ser o mais fiel possível ao que estão vendo. Eles devem desenhar em 1 minuto.
- Depois, recolham os desenhos e fixem no quadro.
- Observem os desenhos e deixem que os alunos analisem o resultado.
Alguém conseguiu no desenho se aproximar da realidade, isto é, reproduzir o colega? Por quê?
Observem as respostas.
Por mais que haja na turma alguém que desenhe bem, sempre haverá diferenças e o resultado não copia com exatidão os traços do colega.
Percebemos como é difícil desenhar.  Imaginem fazer o primeiro ser humano!
- Agora, falem: Olhem para seus colegas. Observem as características dos colegas, são diferentes mesmo tendo os mesmos membros, olhos, boca, nariz, orelhas etc.
- Depois, enfatizem: Só Deus tem poder para criar com tanta perfeição e diferentes características entre as pessoas. Nem mesmo os gêmeos univitelinos são iguais. E as impressões digitais? Não há um ser humano que tenha impressão digital igual ao de outra pessoa.
- Perguntem: Afinal, somos produtos da criação de Deus ou da evolução?
Aguardem as respostas.
- Para concluir, peçam para que os alunos repitam: Fui criado por Deus!
Por Sulamita Macedo.
Adolescentes - Currículo do Ano 1: Cremos
Lição 01: Na Bíblia, a bússola da vida

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
- Apresentem a revista, falem do seu novo formato e as mudanças encontradas nela.
- Depois, apresentem o tema do trimestre: Cremos.
- Falem: O que nós cremos está contido na Palavra de Deus.
- Apresentem uma Bíblia e peçam para cada aluno retirar um papel da cor de sua preferência, que contenha um dos seguintes nomes:
Palavra de Deus
Deus
Jesus Cristo
Espírito Santo
Pecado
Salvação
Batismo no Espírito Santo
Dons espirituais
Batismo nas águas
Santa ceia
Vida de Santidade
Vinda de Jesus
Novos céus e nova Terra
Os alunos deverão ler para a turma e depois fixar no quadro ou cartolina.
- Depois, peçam para que eles leiam em conjunto.
Falem: Estes assuntos serão os temas das nossas aulas. Na aula de hoje, vamos estudar sobre: Na Bíblia, a Bússola da Vida.
- Apresentem uma bússola e perguntem para que serve.
Aguardem as respostas.
- Depois, reflitam sobre o que encontramos na Bíblia que nos serve de bússola para a vida.
- Depois, utilizem a dinâmica “Abrindo o Tesouro”.
- Em seguida, trabalhem estes pontos:
O período em que foi escrita
Por quem foi escrita
Os idiomas em que foi escrita
Tema principal
Atualidade da Bíblia
Inspiração da Bíblia
Bíblia – Palavra de Deus
Leitura da Bíblia
Tenham uma excelente e produtiva aula

Dinâmica: Abrindo o Tesouro
Objetivos:
Manusear a Bíblia de forma satisfatória.
Conhecer a organização da Bíblia: Antigo e Novo Testamento, sequência dos livros, divisão em capítulos e versículos.
Material:
 01 Bíblia para cada aluno.
Procedimento:
- Depois que vocês falarem que a Bíblia Sagrada é a Palavra de Deus e que nEla encontramos alimento para a vida espiritual, digam que para termos conhecimento dos ensinamentos divinos, precisamos ler e estudar a Bíblia. Para isto, precisamos saber como manuseá-la.
- Solicitem aos alunos para que abram a Bíblia no índice e falem: esta é a relação nominal dos livros que compõem a Bíblia. O vocábulo “Bíblia” significa: conjunto de livros.

- Falem ainda: Aqui nós encontramos o nome do livro, abreviação desse nome, o número de capítulos e o número da página. Observem também que a Bíblia está dividida em duas partes: Antigo Testamento com 39 livros, Novo Testamento com 27. Portanto a Bíblia é composta por 66 livros.
- Continuem falando: Para encontrar com facilidade um texto na Bíblia, os seus livros estão divididos em capítulos e versículos.
- Ainda observando o índice, peçam aos alunos para encontrar o  Salmo 119, versículo 11.
Depois peçam para que todos leiam, conjuntamente: “Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti”.
Então, falem da importância da leitura bíblica e da obediência a Palavra de Deus.

Por Sulamita Macedo.
Juvenis - Currículo do Ano 1: Respostas às Dúvidas sobre a Fé Cristã
Lição 01: A Bíblia é a Palavra de Deus?

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, trabalhem o conteúdo da lição. Vejam as sugestões abaixo:
- Apresentem a revista, falem do seu novo formato e as mudanças encontradas nela.
- Depois, apresentem o tema do trimestre: Respostas às Dúvidas sobre a Fé Cristã.
- Em seguida, peçam para que os alunos leiam os títulos das lições de forma alternada, ora os meninos, ora as meninas.
- Depois, falem estes títulos que vocês leram são os temas que estudaremos neste trimestre.
- Escrevam o título da lição 01 no quadro ou cartolina: A Bíblia é a Palavra de Deus?
- Falem: Antes de obtermos esta resposta, vamos primeiro conhecer várias informações sobre a Bíblia.
- Solicitem aos alunos para que abram a Bíblia no índice e falem: esta é a relação nominal dos livros que compõem a Bíblia. O vocábulo “Bíblia” significa: conjunto de livros.
- Falem ainda: Aqui nós encontramos o nome do livro, abreviação desse nome, o número de capítulos e o número da página.
Observem também que a Bíblia está dividida em duas partes: Antigo Testamento com 39 livros, Novo Testamento com 27. Portanto a Bíblia é uma biblioteca composta por 66 livros.
- Falem também sobre:
O período em que foi escrita
Por quem foi escrita
Os idiomas em que foi escrita
Tema principal
Atualidade da Bíblia
Inspiração da Bíblia
Traduções
Leitura da Bíblia
Bíblia – Palavra de Deus
- Para concluir, utilizem a dinâmica “Tesouro Escondido”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Tesouro Escondido
Objetivo: Incentivar a leitura bíblica e a observância da Palavra de Deus.
Material:
01 Bíblia pequena
01 caixa em forma de coração.
Observação: A Bíblia deve caber dentro da caixa.
Procedimento:
Antes da aula: Coloquem a Bíblia dentro da caixa.
Durante a aula:
- Falem que dentro da caixa há um objeto. Passem a caixa para cada aluno, para que descubram o que há dentro; orientem que podem balançar a caixa, mas não podem abri-la.
- Se alguém descobrir, abram a caixa, mostrem a Bíblia e leiam Salmo 119:11: “Escondi a Tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti”.
- Se não descobrirem o conteúdo da caixa, façam o mesmo procedimento do item anterior.
- Reflitam sobre a expressão do versículo lido “escondi a tua palavra”.
- Para concluir, falem sobre a importância da leitura bíblica e da obediência a Palavra de Deus, além do seu ensino.
Por Sulamita Macedo.
Discipulando – 1º. Ciclo – Conhecendo Jesus e o Reino de Deus
Lição 01: A Necessidade humana: o problema do pecado

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, trabalhem o conteúdo da lição. Vejam as sugestões abaixo:
- Apresentem o título da lição: A Necessidade humana: o problema do pecado.
- Introduzam o tema da aula, utilizando a dinâmica “O Salário do Pecado”.
- Em seguida, trabalhem o conteúdo da lição.  Lembrem-se de que vocês devem oportunizar a participação do aluno, envolvendo-o através de exemplos e situações próprias de sua idade. Dessa forma, vocês estão contextualizando o tema com a vida do aluno, além de promover uma aprendizagem mais significativa.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: O Salário do Pecado
Objetivo:
Refletir sobre o pecado que originou a morte física e espiritual.
Material:
02 alunos(01 aluno e uma aluna)
Frutas variadas
01 cartolina preta
Procedimento:
- Peçam para que o menino e a menina se posicionem diante da turma e falem que o casal representará Adão e Eva.
- Coloquem uma cesta com vários tipos de fruta diante deles.
- Leiam Gn 2. 15 a 17:
“E tomou o Senhor Deus o homem, e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar. E ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás”.
- Falem: Lemos nestes versículos acerca da orientação de Deus sobre o que podiam ou não comer dos frutos do jardim.
Escolham 01 fruta e digam que ela vai representar a árvore do conhecimento do bem e do mal.
- Falem: Mas, Adão e Eva desobedeceram:
Leiam: “E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela”(Gênesis 3:6).
Neste momento, “Eva” deve comer parte da fruta proibida e depois passar para “Adão”.
- Falem: Qual foi o pecado?
Certamente vão falar que foi a desobediência.
- Entreguem a metade da cartolina preta para o menino e a outra parte para a menina e falem que representa o pecado.
- Depois, leiam: “Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram”(Romanos 5:12).
- Peçam para que o casal distribua pedaços de cartolina preta para todos os alunos, simbolizando que todos pecaram.
- Falem: Agora, temos um problema sério – o pecado e a morte.
“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor”(Rm 6.33).
Vamos agora estudar sobre a morte como consequência do pecado e a vida após a morte.

 Por Sulamita Macedo.