RSS

domingo, 12 de novembro de 2017

Adultos: A Obra da Salvação – Jesus Cristo é o caminho, a verdade e a vida
Lição 08: Salvação e Livre-Arbítrio
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 - Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
- Apresentem o título da lição: Salvação e Livre-Arbítrio.
- Depois, utilizem a dinâmica “Livre-arbítrio”.
- Em seguida, trabalhem o conteúdo da lição.
Ao trabalhar o conteúdo da lição, vocês devem oportunizar a participação do aluno, envolvendo-o através de exemplos e situações próprias de sua idade. Dessa forma, vocês estão contextualizando o tema com a vida do aluno, além de promover uma aprendizagem mais significativa.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Atenção! Professores da classe dos novos convertidos:
Vocês encontram sugestões para a revista Discipulando do 1o. ao 4o. ciclo, no marcador "Discipulando", deste blog.
Para a revista 1 e 2 do Discipulado, vocês encontram no marcador "Subsídio Pedagógico Discipulado 1" e "Subsídio Pedagógico Discipulado 2", do currículo antigo. Façam bom proveito!

Dinâmica: Livre-arbítrio
Objetivos:
Estudar sobre o livre-arbítrio diante da escolha entre a salvação e a perdição.
Material:
01 caixa de cor preta, com um objeto pesado dentro, pode ser livro, areia etc.
01 caixa de cor branca, com o versículo dentro:
“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”(Mateus 11.28 a 30)..
Procedimento:
- Falem sobre o pecado e suas consequências, do fardo que o homem carrega quando peca.
- Escolham um aluno e solicitem que fique em pé na frente da turma.
- Entreguem a caixa preta para este aluno e continuem falando sobre o pecado e suas consequências.
- Depois de um certo tempo, perguntem para o aluno: Está incomodado? Está pesado?
Certamente o aluno responderá que está incomodado com o peso que está segurando.
- Falem que há uma solução para isto. Então leiam João 1.29: “Eis o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”, enfatizando a palavra TIRA e nesse momento retirem o objeto ou a fruta das mãos do aluno e coloquem sobre uma mesa ou cadeira.
- Em seguida, entreguem para ele a caixa de cor branca.
- Perguntem para o aluno: Como está se sentindo agora?
Falem que só Jesus pode nos perdoar, livrando-nos do fardo do pecado.
- Peçam para que a abra a caixa branca e leiam o conteúdo do papel que está dentro:
“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”(Mateus 11:28-30).
- Depois, coloquem diante dele a caixa branca e a caixa preta.
- Falem: O homem pode escolher entre a salvação e a perdição(apontando para as caixas). Mesmo conhecendo sobre a perdição e salvação, o homem tem o livre-arbítrio para escolher.
Mas, enfatizem que Jesus nos concede o perdão, mas o pecador deve reconhecer que pecou, confessar suas culpas através da oração e abandonar o pecado.
Mesmo conhecendo sobre a perdição e salvação, o homem tem o livre-arbítrio.
- Depois, leiam: “Disse-lhes Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao pai senão por mim”(Jo 14.06).
- Perguntem para o aluno:
Qual a caixa que você escolhe?
Certamente ele vai dizer que a caixa branca, que representa a salvação, tendo em vista já ser um crente.
- Falem: Muitos como você também, através do livre-arbítrio, também escolheram a salvação. Entretanto, outros escolheram viver no pecado. Nós precisamos propagar o evangelho de salvação, para que eles não se percam.

Por Sulamita Macedo.
Jovens: Seguidores de Cristo – Testemunhando numa Sociedade em Ruínas
Lição 08: A resposta cristã para a violência urbana
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
- Apresentem o título da lição, escrevendo no quadro ou cartolina: A resposta cristã para a violência urbana.
- Ao trabalhar o conteúdo da lição, vocês devem oportunizar a participação do aluno, envolvendo-o através de exemplos e situações próprias de sua idade. Dessa forma, vocês estão contextualizando o tema com a vida do aluno, além de promover uma aprendizagem mais significativa.
Para exemplificar o tema da morte e o furto, utilizem a dinâmica “Sopro de Vida” e “Não Furtarás”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Sopro de Vida
Objetivos:
Introduzir o estudo sobre o 6º. Mandamento – Não Matarás.
Refletir sobre a morte como consequência da violência urbana.
Material:
Situação 01 - Se sua classe for dentro da igreja:
02 bexigas de aniversário
01 palito de dentes para cada aluno
06 folhas de papel ofício
01 pincel atômico
01 lixeira ou 01 saco para lixo
Situação 02 – Se sua classe for fora da igreja:
02 bexigas de aniversário
01 bexiga para cada aluno
01 palito de dentes para cada aluno.
Procedimento:
- Peçam para que 01 aluno leia o versículo abaixo:
“E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente”(Gn 2:7).
Enquanto ele ler, vocês sopram uma bexiga de aniversário e dão um nó para o ar não escapar.
- Falem: Esta bexiga cheia de ar está representando a vida do ser humano, pois sem a vida ficaria assim: mostrem uma bexiga vazia ou estourem a bexiga.
Evitem estourar a bexiga se a sua classe for dentro da igreja.
- Falem: Nesta lição, vamos estudar sobre o 6º. Mandamento: Não Matarás.
- Entreguem 01 palito de dente para cada aluno.
- Falem: O palito de dente representa a “arma” para acabar a vida do outro.
- Perguntem: Quais são as formas de tirar a vida de alguém?
Espera-se que os alunos falem sobre aborto, assassinato, pena de morte, Eutanásia, nas guerras, quando alguém decide tirar sua própria vida através do suicídio e até de forma figurada “acabar a vida de outrem” por palavras e atitudes.
Se sua classe for dentro da igreja: Escrevam estas respostas em folhas de papel ofício separadas. Quando vocês lerem cada uma, amassem e joguem numa lixeira, simbolizando a retirada de vida, através de variadas formas.
Se sua classe for fora da igreja: Escrevam cada resposta em 01 bexiga cheia de ar e depois peçam para que um ou mais alunos estourem as bolas usando os palitos de dentes.
- Falem: O palito, a “arma”, não deve ser utilizado para tirar sua vida ou de alguém, pois a Bíblia recomenda “Não Matarás”. A vida é um dom de Deus, somente Ele pode tirá-la.
- Leiam:
“O Senhor é o que tira a vida e a dá; faz descer à sepultura e faz tornar a subir dela”(1 Sm 2:6).
“E Jesus disse-lhe: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo”(Mt 22:37-39).
Por Sulamita Macedo.

Dinâmica: Não Furtarás
Objetivos:
Introduzir o estudo sobre o 8º. Mandamento “Não Furtarás”, observando a amplitude de seu significado.
Refletir sobre o furto como consequência da violência urbana.
Material:
01 folha de papel ofício para cada grupo, contendo uma situação a ser analisada(vejam no procedimento)
Procedimento:
- Dividam a turma em 05 grupos.
- Entreguem para cada grupo, uma 01 folha de papel ofício, contendo uma situação a ser analisada.
Para o grupo 01 - Situação 01:
Fulano recebe de troco uma nota falsificada, mas não percebe. Em outra loja ao pagar um objeto, foi detectado pelo caixa que a cédula era falsa. Ele ficou muito chateado. Ele se desculpa e sai da loja e, depois de várias tentativas, consegue enfim passar a nota falsa em outro estabelecimento sem ser observado.
Para o grupo 2 - Situação 02:
Fulano está desempregado e para manter sua família está vendendo CD e DVD pirata.
Para o grupo 3 - Situação 03:
Fulano está vendendo um carro que está com vários problemas, mas ele afirma para um interessado em comprá-lo que o carro está em perfeito estado, pois fazia manutenção periódica.
Para o grupo 4 - Situação 04:
Fulano não é estudante, porém usa uma carteira de estudante que comprou de um colega.
Para o grupo 5 - Situação 05:
Fulano usa um aparelho de celular de excelente qualidade e que custa um bom dinheiro. Porém ele adquiriu o celular por algumas notas de 10,00 reais e não tem nota fiscal.
- peçam para cada grupo analisar a situação observando sob o critério da honestidade.
Depois, os grupos devem ler a situação para a classe e falar sobre o que analisaram do caso.
- Em seguida, a partir destas situações e análises dos grupos, reflitam com os alunos sobre o que é furtar e sua abrangência.
Por Sulamita Macedo.
Pré-adolescentes – Currículo do Ano 1: Resistindo à pressão do Mundo
Lição 08: Quanto Vale a Minha Beleza
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
Apresentem o título da lição: Quanto Vale a Minha Beleza.
- Em seguida, para introduzir o estudo do tema, utilizem a dinâmica “Espelho, espelho meu, existe alguém mais bonita(o) do que eu?
– Em seguida, trabalhem o conteúdo da lição. Lembrem-se de que vocês devem oportunizar a participação do aluno, envolvendo-o através de exemplos e situações próprias de sua idade. Dessa forma, vocês estão contextualizando o tema com a vida do aluno, além de promover uma aprendizagem mais significativa.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Espelho, espelho meu, existe alguém mais bonita(o) do que eu?
Objetivo:
Refletir e conscientizar sobre o perigo do cuidado com o corpo de forma exagerada para atender a ditadura da beleza.
Material:
01 bola pequena
06 Garrafas descartáveis de 1 litro
01 tubo de cola branca
Nomes digitados: Corpo perfeito, corpo atlético, cirurgia plástica, padrão único de beleza, dietas exageradas, anabolizantes.
Procedimento:
ANTES DA AULA:
- Colem em cada garrafa uma das palavras: Corpo perfeito, corpo atlético, cirurgia plástica, padrão único de beleza, dietas exageradas, anabolizantes.
 - Organizem o ambiente da sala para que haja condições dos alunos jogarem a bola para derrubar as peças do boliche, afastando as cadeiras, mesa etc.
- Organizem as garrafas no chão(da sala de aula), uma ao lado da outra.
- Aguardem os alunos.
DURANTE A AULA:
- Depois daquela introdução realizada no início da aula(vejam acima), falem que vocês vão trabalhar o tema através do jogo do boliche.
- Falem: Estas peças do boliche(as garrafas) representam situações que precisam ser “derrubadas”.
- Agora, solicitem para que um aluno por vez pegue a bola e derrube uma ou mais garrafas.
- Depois, outro aluno deve pegar a peça que caiu e ler o rótulo.
- Em seguida, vocês devem refletir sobre cada ponto. Isto deve acontecer até que todas as palavras sejam mencionadas e comentadas. Neste momento, é importante a participação dos alunos.
- Para finalizar, enfatizem que é importante o cuidado com o corpo, fazer exercícios físicos, ter alimentação adequada, mas eles devem derrubar as ideias de beleza transmitidas pela mídia.
- Agora, estudem os pontos levantados na lição, deixando claro a importância da beleza interior.
Ideia original desconhecida de dinâmica com o uso de boliche.

Esta versão da dinâmica por Sulamita Macedo.
Adolescentes – Currículo do Ano 1: A Bíblia, um Livro Atual
Lição 08: A Bíblia Ensina a Cuidar da Terra
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
- Apresentem o título da lição: A Bíblia Ensina a Cuidar da Terra
- Depois, apresentem um vídeo que proporcione a reflexão e conscientização da preservação ambiental.
Apresento sugestão de dois vídeos do YouTube, vejam na postagem abaixo:
Preservação do Meio Ambiente, com duração de 1 minuto e 8 segundos. Siga o link: https://www.youtube.com/watch?v=sinkyPZ6CAIyPZ6CAI
Meio Ambiente – USJT, com duração de 1minuto e 54 segundos. Siga o link:
- Depois, falem: Preservar o meio ambiente não é somente cuidar do “verde”, mas também do ambiente em que estamos, quer seja em casa, na igreja, na escola, na rua etc.
- Façam a seguinte proposta: Que tal começarmos com este cuidado agora, aqui no ambiente de aula?
O que vocês sugerem?
As respostas devem variar entre:
Não jogar lixo no chão, para isto na sala deve haver uma lixeira.
Não rabiscar as paredes, as cadeiras, as carteiras.
Desligar as lâmpadas ao término da aula.
Lembrem para os alunos que eles podem colaborar com a preservação ambiental em todo e qualquer lugar onde estiverem. Cada um deve fazer sua parte, não deve esperar que o outro comece.
- Depois, trabalhem os pontos levantados na lição, procurando sempre a participação do aluno.
Para concluir aula, utilizem a dinâmica “Agente Multiplicador”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Observação:
Vocês podem organizar uma aula de campo a um parque ecológico ou a uma instituição de trabalha com preservação ambiental. Vejam a melhor data para o grupo.
Para isto, deve haver:
 Agendamento prévio com a instituição
Autorização por escrito dos pais para a participação do seu filho na atividade: elaborem uma autorização padronizada.
Meio de transporte para o traslado: ônibus fretado ou da linha, trem...
Lanche e água: combinar se cada um levará o seu ou os professores organizarão para todos.
Acompanhantes: outros professores e alguns pais, nunca vá sozinho com os alunos.
Recursos financeiros: para o traslado e lanche
Lista dos participantes: antes de sair fazer uma chamada, contar quantas pessoas presentes e riscar os ausentes. Depois, que entrar no ônibus, contar novamente. Para retornar da mesma forma.
Tenho certeza que vale a pena, pois também será um momento descontraído para a turma.

Dinâmica: Agente Multiplicador
Objetivos:
Incentivar a disseminação de ideias sobre preservação ambiental
Concluir estudo sobre preservação ambiental
Material para cada grupo:
01 cartolina
Pincel atômico
Revistas para recorte de figuras
01 cola
Rolo de fita adesiva(apenas 01 para todos os grupos)
Procedimento:
- Dividam a turma em vários grupos.
- Forneçam os seguintes materiais para cada grupo: cartolina, pincel atômico, revistas para recorte de figuras, cola e fita adesiva.
- Orientem para que elaborem um cartaz sobre preservação ambiental.
- Estipulem um tempo para esta atividade.
- Peçam para os alunos apresentarem os cartazes para os demais colegas.
- Em seguida, vocês devem colocar os cartazes no quadro de avisos ou em outros ambientes da igreja.

Por Sulamita Macedo.
Juvenis – Currículo do Ano 3: A Igreja, Corpo de Cristo
Lição 08: O papel da liderança na Igreja
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, trabalhem o conteúdo da lição. Vejam as sugestões abaixo:
- Apresentem o título da lição: O papel da liderança na Igreja.
- Ao trabalhar o conteúdo da lição, vocês devem oportunizar a participação do aluno, envolvendo-o através de exemplos e situações próprias de sua idade. Dessa forma, vocês estão contextualizando o tema com a vida do aluno, além de promover uma aprendizagem mais significativa.
Utilizem  a dinâmica "A liderança de Jesus", para exemplificar o modelo de liderança do mestre. 
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: A liderança de Jesus
Objetivo: Introduzir o estudo sobre o modelo da liderança de Jesus.
Material:
10 figuras de pés(05 direitos, 05 esquerdos)
Palavras digitadas: amor, integridade, motivação, coerência, não autoritário, determinação, não centralizador, participação, divisão de tarefas, sabedoria.
Observação: colar os nomes e expressões nas figuras de pés – uma em cada figura.
Frase digitada: Modelo da liderança de Jesus
Procedimento:
Antes da aula:
- Organizem as cadeiras uma de frente para outra.
- Coloquem as figuras de pés no espaço entre as cadeiras, formando um caminho.
- Fixem no final do caminho a expressão “Modelo da liderança de Jesus”.
Durante a aula:
- Falem para os alunos que na aula de hoje o tema será sobre a liderança de Jesus. Para conhecer os princípios dessa liderança, é necessário caminhar nos passos do mestre, isto é, neste caminho formado por estas 10 figuras de pés.
- Peçam que 01 aluno retire a primeira figura de pé e leia o que está escrito no verso. O aluno deverá deixar a figura no mesmo lugar com o nome à mostra.
Este procedimento deve acontecer até a última figura de pé.
- As características devem ser analisadas com exemplos bíblicos próprios da liderança de Jesus.
- Para finalizar, falem: Este exemplo de liderança de Jesus deve ser seguidos pelos líderes e por aqueles que almejam cargo de liderança.

Por Sulamita Macedo.