RSS

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Jovens e Adultos: Integridade Moral e Espiritual – O Legado do Livro de Daniel para a Igreja Hoje
Lição 08: Os Impérios Mundiais e o Reino do Messias

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 - Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
- Escrevam no quadro o título da lição: Os Impérios Mundiais e o Reino do Messias.
- Falem que a partir desta lição, vamos estudar sobre a 2ª parte do livro de Daniel, que trata de sonhos e visões de cunho profético e apocalíptico dados por Deus a Daniel.
- Escrevam no quadro os nomes dos 4 animais e apresentem também uma figura deles:
Leão com asas de águia
Urso
Leopardo com 04 asas
Animal com aparência espantosa

- Leiam com os alunos Dn 7. 3 a 8, 13,14, expliquem o significado da visão dos 04 animais. Falem também dos 10 chifres e do pequeno chifre.
Apresentem a figura da estátua do sonho de Nabucodonosor e façam uma relação com a visão dos 04 animais.
- Depois, falem sobre o julgamento das nações do mundo e que o juiz será Deus.
- Falem em seguida sobre a Grande Tribulação, o domínio do Anticristo, seu julgamento e destruição.
- Agora, falem sobre a volta de Jesus e o reino milenial.
- Para concluir a aula, utilizem a dinâmica “O Reino do Messias”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!


 Dinâmica: O Reino do Messias
Objetivo: Estudar as características do reino do Messias.
Material:
01 coroa
Nomes digitados “Reino do Messias” e “Milênio”
01 quadro ou 01 cartolina
01 caixa
Nomes digitados e recortados sobre as características do reino do Messias(ver no procedimento)
Procedimento:
- Falem: Na lição de hoje estudamos sobre 04 reinos que já existiram. Mas, agora vamos estudar sobre um reino que há de vir, o governo de Deus na terra, o reino do Messias, também chamado de Milênio. Como o nome sugere, será um período de 1000 anos, sendo a paz, a justiça e a prosperidade as principais características desta época.
Ao falar estas informações, coloquem no quadro o nome “Reino do Messias” e “Milênio” e apresentem a coroa ou uma figura dela.
- Depois, falem sobre os acontecimentos que estamos vivenciando – o mundo sem paz e amor, injustiça, desigualdade social, falta de moradia, problemas na saúde, morte, violência, guerra.
- Falem: Vocês já imaginaram como será o reino do Messias com relação a estas questões que afligem a humanidade?
Registrem as respostas dos alunos no quadro ou cartolina.
- Falem: Vamos agora estudar as características deste período, conforme o que Bíblia ensina.
- Depois, apresentem 01 caixa, falando que nela há uma revelação a ser feita sobre as características do reino do Messias.
Antes da aula, coloquem dentro da caixa as características separadas.
Nesse momento, peçam para que os alunos retirem e leiam as características(vejam abaixo)
Paz abundante - Is 54.13;
Guerra não haverá –  Is 2.4
Justiça haverá – Is 11.2 a 4
Habitação para todos – Is 65.21, 22
Longevidade e saúde haverá – Zc 8.4,5
Morte será rara – Is 65.20
Fertilidade humana aumentada – Zc 8.5
Ferocidade dos animais não haverá – Is 11. 6-9
Quando o aluno fizer a leitura da característica, outro aluno deverá ler a referência. Então, vocês devem entregar a referência para 8 alunos, logo no início da dinâmica,  para que procurem na Bíblia e deixem marcada para ler no momento que for solicitado.
- Perguntem: Quer participar do reino com estas características?
Vejam quem estará neste período:
“E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos.
Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição.
Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos”(Apocalipse 20:4-6).
- Para concluir, leiam: “E o sétimo anjo tocou a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre”(Ap 11:15).
Por Sulamita Macedo.

Texto Pedagógico
Método Audiovisual
Entende-se que são imagens visuais acompanhadas ou não de som que facilitam a aprendizagem, que podem ser simples ou mesmo sofisticadas, tecnológicas ou não, como por exemplo: gravuras, cartazes, objetos, mapas, slides, filmes ou documentários, quadro branco, quadro de giz(lousa), música, textos bíblicos ou de reflexão,  etc.

1 - Gravuras, Cartazes e Objetos
Ilustrar a aula com figuras, cartazes e objetos referentes ao tema atrai a atenção dos alunos. Veja um exemplo de como utilizar estas ferramentas a favor do ensino, numa aula sobre as viagens do apóstolo Paulo.
Você pode colocar uma figura de um barco ou navio no quadro ou utilizar um barco pequeno de madeira, falar que nesta aula vocês vão fazer uma viagem com Paulo.
Você pode ainda organizar um cartaz com tópicos da lição, nomes lugares da viagem, escrever perguntas, utilizando pincel atômico ou frases digitadas, colar uma cópia do mapa da viagem de Paulo.

2 - Mapas
Como utilizá-los? Vejam algumas sugestões:
- Apresentar um mapa e apontar para o local.
- Colocar um mapa sobre uma mesa ou no piso da sala.
- Montar um mapa no piso da sala, antes dos alunos chegarem.
- Colocar no piso da sala figuras grandes de pé direito e esquerdo, formando um caminho.
- Apresentar mapa utilizando Power Point, para isto é interessante local adequado e os equipamentos necessários e saber como utilizá-los.
3 - Slides
A organização de slides para uma aula requer que o professor ou alguém saiba como utilizar o Power Point. É necessário utilizar tamanho da fonte adequado para o público, apresentar tópicos do tema a ser estudado, colocar figuras nos slides, etc.
Além disso, deve haver disponibilidade de equipamento e local apropriado.
4 - Filmes ou documentários
Para sua utilização de forma satisfatória é importante observar alguns pontos relevantes:
Local apropriado
Equipamento disponível
Pessoa habilitada para montar os equipamentos
Tempo de instalação dos equipamentos
Plano B
Escolher filmes adequados
Fazer uma explicação prévia do filme antes da exibição e do que deseja que os alunos realizem
Filmes longos são inadequados
Assistir ao filme antes de exibi-lo para os alunos
5 - Quadro Branco ou Quadro de Giz
O quadro de giz praticamente não se usa mais, com o aparecimento do quadro branco. Para sua utilização é necessário um marcador de quadro branco de cores variadas(não use pincel atômico).
Você pode escrever uma frase, uma pergunta, as respostas dos alunos, referências bíblicas para os alunos consultarem durante a aula etc, escrevendo com tamanho de letra adequado para que todos da turma possam ler. Pode ainda fixar no quadro cartazes, mapas. Ao terminar a aula, apague o quadro.
6 - Música
A utilização da música auxilia de forma significativa no ato de ensinar e aprender, pois é um elemento facilitador da aprendizagem.
Nas classes do departamento infantil é muito comum a utilização de corinhos ilustrados com cartazes e figuras. Nas demais classes, a música pode e deve ser usada para exemplificar e refletir sobre o tema.
7 - Textos bíblicos, de reflexão ou com subsídios para a aula
Não é recomendável que o professor leia todos os versículos e textos que ele escolheu para fundamentar e exemplificar o tema em estudo, pois, a aula torna-se um monólogo e os alunos passivamente escutam... É necessário estimular a atenção deles, oportunizando atividades de colaboração na aula, sendo uma delas a leitura de textos e versículos.
Há formas diferenciadas de leitura de textos que podem ser utilizadas durante as aulas. Então, vejam a seguir algumas sugestões:
- Leitura compartilhada, leitura pontuada, leitura dialogada.
É muito comum, nas aulas da EBD, constatar que os professores na sua maioria utilizam a aula expositiva, que consiste na explanação do tema pelo professor de forma unilateral, não havendo participação dos alunos e sem utilização de recursos pedagógicos, tornando a aula cansativa e com a aprendizagem comprometida.  Então, é recomendável que o professor associe, a este método, outros recursos para tornar a aula mais eficaz.
Acima vários recursos foram indicados para serem utilizados na aula, tornando-a mais atrativa e com maior retenção da aprendizagem.
Lembrem-se de que o aluno aprende:
20% do que ouve
30% do que vê
50% do que vê e ouve
70% do que ouve, vê e fala
90% do que ouve, vê, fala e faz
Quanto mais sentidos envolvidos na aprendizagem mais eficaz ela será! Observem os pontos positivos da associação de recursos ao método da Preleção(aula expositiva):
- Atrai a atenção
- Desperta o interesse
- Aumenta a retenção
 - Vários sentidos estão sendo utilizados, como a audição e visão
- Promove a participação
- Alunos motivados
- Assiduidade
- Aula mais eficaz
- Mais interação
Que tal começar na próxima aula?

Por Sulamita Macedo.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Pré-adolescentes – Currículo do Ano 2: O Pré-Adolescente e a Igreja
Lição 08: As Ordenanças da Igreja

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
- Apresentem o tema da aula: As Ordenanças da Igreja.
- Escrevam no quadro: Batismo nas águas e Santa Ceia.
- Falem: O Batismo nas águas e a Santa Ceia são ordenanças da Igreja.
- Depois, peçam para que os alunos falem sobre o que eles já presenciaram ou vivenciaram sobre Batismo nas Águas e Santa Ceia.
Observem seus comentários, suas opiniões e informem que estes eventos são ordenanças dadas por Cristo e falem do significado de cada um.
- Para exemplificar os tipos de batismo, utilizem a dinâmica “O Batismo”.
- Apresentem outros pontos levantados na lição.
- Para concluir, apliquem a dinâmica “Comunhão”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: O Batismo
Objetivo: Oportunizar o estudo sobre o batismo bíblico.
Material:
Água
01 bacia pequena
01 boneco pequeno de plástico
Procedimento:
- Perguntem: Quais os tipos de batismos que vocês conhecem?
Aguardem as respostas.
- Solicitem aos alunos que relatem o que já presenciaram ou participaram sobre os tipos de batismos que eles citaram, utilizando os materiais acima citados. Observem com atenção a demonstração dos batismos vivenciados pelos alunos.
Observação: Caso ocorra apenas a citação do batismo por aspersão, vocês devem apresentar o batismo por imersão.
- Falem: Vimos agora com esta demonstração que há vários tipos de batismo, mas o batismo bíblico é aquele conhecido como “Imersão”.
- Então, leiam Mt 3. 13 a 17. Após a leitura, enfatizem a expressão “saiu logo da água”, que nos assegura que o batismo de Jesus foi por imersão.
- Para finalizar, falem: Agora, vamos estudar sobre este batismo.
Por Sulamita Macedo.

Dinâmica: Comunhão
Objetivo:
Promover momento de entrosamento entre os alunos, tendo como ponto de partida uma das finalidades da Santa Ceia - unir os crentes em amor pela comunhão com Jesus.
Material:
01 Mesa
01 toalha para a mesa
Ramos de trigo
Pães de queijo pequenos dentro de um saquinho de plástico
Refrigerante ou suco de uva
Guardanapos
Copos descartáveis.
Procedimento:
- Após o estudo sobre a Santa Ceia, convidem os alunos para se posicionaram ao redor de uma mesa, arrumada com pães e refrigerante de uva.
- Agradeçam a Deus pela oportunidade de estar juntos, estudando este tema.
- Falem: Vamos agora fazer um lanche, celebrando um momento de união e comunhão entre todos os alunos da classe.
- Distribuam para cada aluno um pão e um copo de refrigerante de uva. Avisem para aguardar uma orientação.
Lembrem-se de que cada pão deve estar dentro de um saquinho.
- Então, solicitem que cada um escolha um colega e troque com ele, o pão e o copo de refrigerante, falando uma mensagem.
- Este atividade deve ser repetida pelo menos umas 05 vezes, com duplas diferentes.
- Em seguida, eles podem se alimentar.

Por Sulamita Macedo.
Adolescentes - Currículo do Ano 2: Cartas que Ensinam
Lição 08: “Ficar” ou se Santificar?

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
- Falem: Hoje estamos estudando a 8ª. carta de um conjunto de 13 epístolas escritas pelo apóstolo Paulo.  O estudo será sobre a primeira carta de Paulo aos irmãos da igreja em Tessalônica.
Depois apresentem alguns fatos importantes sobre esta carta, tais como:
. Foi um dos primeiros livros escritos do Novo Testamento.
. A carta foi escrita quando Paulo estava na cidade de Corinto(aproveite este momento e mostrem no mapa as cidades de Tessalônica e Corinto).

. Se possível, apresentem algumas imagens da cidade atual.

- Agora, leiam I Ts 5.23 e afirmem que o tema central da carta é sobre a santificação.
- Trabalhem o conteúdo da lição, contextualizando o tema com a vida do aluno, para que a aprendizagem seja mais significativa.
Questionem, neste momento, os alunos sobre o “ficar”, atitude muito difundida atualmente:
O crente pode “ficar”?
Talvez haja resposta negativa, pois alguns alunos, mesmo praticando ou aceitando a ideia, não vão expor o que pensam para não haver constrangimento por estarem na igreja etc.
Não se iludam! Nas escolas, entre os adolescentes é muito comum a prática do “ficar”. Muitos alunos são motivo de brincadeira de mau gosto porque ainda não beijaram, sendo pois chamados de BV(boca virgem). Imaginem quando eles sabem que têm algum colega virgem!
Mas, enfatizem que o crente é diferente e que precisa ter uma vida de santificação em todo lugar, na escola, em casa, na igreja etc.
- Depois, leiam o texto “A Corrida dos Sapinhos” e reflitam com os alunos sobre a lição que o texto nos traz: ficar “surdo” aos apelos mundanos, que nos causam problemas à prática da santificação.
- Para finalizar a aula, utilizem a dinâmica “Luz do Mundo”, que enfatiza a importância de permanecermos na luz, afastando-nos do pecado, resistindo as tentações.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Texto de Reflexão
A Corrida dos Sapinhos
            Era uma vez um tempo em que os bichos falavam... Nesse tempo também havia alegria, diversão e competição. Certa ocasião, decidiram realizar uma corrida de sapinhos.
            Eles tinham que subir uma grande torre e atrás havia uma multidão, muitos outros bichos para vibrar com eles.
            Começou a competição e a multidão dizia:
            - Não vão conseguir. Não vão conseguir.

            Os sapinhos iam desistindo um por um. Menos um que continuava subindo.
            Aí aclamava a multidão:
            - Vocês não vão conseguir!
            E os sapinhos iam desistindo um por um, menos um que subia tranqüilo. Ao final da competição, todos desistiram menos aquele.
            Todos ficaram curiosos para saber o que tinha acontecido. Quando foram perguntar ao sapinho como ele conseguiu chegar lá, descobriram que ele era SURDO!
Autoria do texto desconhecida.

Dinâmica: Luz do Mundo
Objetivo: Refletir sobre a atitude do crente como luz do mundo.
Material:
01 prato transparente
01 copo transparente
01 vela
Água
01 caixa de palito de fósforos ou isqueiro
Procedimento:
- Falem que o crente é luz do mundo e acendam a vela e a coloquem no centro do prato, em posição vertical, observando se a mesma está firme.
- Coloquem a água no prato, tendo cuidado para não transbordar. Falem que o crente, representando pela vela acesa, é luz do mundo. O meio em vivemos está simbolizado pelo prato e a água é a Palavra de Deus. Leiam Ef. 5.26.
- Falem ainda, que estamos no mundo, mas temos a Palavra de Deus como guia na vida cristã, além de gozarmos da purificação, santificação. Leiam Sl. 119.105.
- Falem ainda, que o copo representará aquilo que pode apagar nossa luz, como: a desobediência, não vencer as tentações, a prática de coisas ilícitas etc. Então, em seguida, coloquem o copo emborcado sobre a vela.
- Perguntem: O que aconteceu? Mostrem para os alunos as reações ocorridas.
Além da vela ter se apagado, toda a água foi sugada para dentro do copo! Que lições podemos tirar deste procedimento?
- Para finalizar, leiam: Mt 5. 14 a 16 e Rm 12. 2.
Autoria desconhecida.

Dinâmica adaptada por Sulamita Macedo.
Juvenis - Currículo do Ano 2: O Perigo da Falsa Ciência e das Filosofias Antibíblicas
Lição 08: O Islamismo

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, trabalhem o conteúdo da lição. Vejam as sugestões abaixo:
- Apresentem o título da lição “O Islamismo”.
- Perguntem: O que vocês sabem sobre a religião Islâmica?
Aguardem as respostas.
Espera-se que os alunos falem sobre a violência causada pelos seguidores, inclusive apontando fatos atuais. Certamente deverão falar sobre como o tratamento dado a mulher. Outras informações também poderão ser apontadas por eles como o nome do fundador, o livro sagrado etc.
- Falem de outras informações sobre o Islamismo, falando sobre os seguintes itens:
Alcorão o livro sagrado
Maomé o fundador
Alá é o nome de Deus
Jesus é grande profeta, abaixo de Maomé
Jesus não é Deus e que não foi crucificado
Como é o céu para o Islamismo
Como os inimigos são tratados
Salvação pelas obras e obediência ao livro sagrado
O homem nasce sem pecado
- Depois, utilizem a dinâmica “Bíblia x Islamismo”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Bíblia x Islamismo
Objetivo: Refutar as ideias da religião islâmica de acordo com a Bíblia.
Material:
01 Bíblia
Nomes digitados (vejam no procedimento)
Papéis coloridos(01 para cada nome)
Procedimento:
- Organizem os alunos círculo e coloquem uma pequena mesa no centro deste círculo. Sobre a mesa coloquem uma Bíblia.
- Falem: Acabamos de estudar sobre várias informações sobre o Islamismo. Mas, vejamos o que a Bíblia(apontem para ela) nos afirma sobre estes ensinamentos.
- Peçam para que 01 aluno vá até a Bíblia que está no centro e retire um dos papéis coloridos e leia para a turma. Vejam:
Bíblia
Deus
Jesus
O Espírito Santo
Céu e Inferno
Salvação
Pecado
Relacionamento com os inimigos
Estas questões que serão refutadas biblicamente estão no conteúdo da lição e deverão ser escritas separadamente em papéis coloridos. Os versículos devem ser lidos para que os alunos saibam o que Bíblia afirma sobre estas ideias.
- Falem: É nisto que cremos com base na Bíblia, pois ela é nossa regra de fé e prática.
- Depois, leiam:
A tua palavra é a verdade desde o princípio, e cada um dos teus juízos dura para sempre(Salmo 119:160).
Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho(Salmo 119:105).
Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti(Salmo 119:11).

Por Sulamita Macedo.